Um passo por vez e você chega lá

Um passo por vez e você chega lá

Ao longo da nossa vida, vamos lendo todo tipo de mensagem, seja em livros, seja em sites internet afora.

Posso dizer que já li trocentas mil mensagens com dicas e estratégias para melhorar algum ponto específico da vida.

Só devo ter posto em prática uns 10% de todas essas mensagens. Desses 10% diria que só umas poucas funcionaram de fato, isto é, me ajudaram a melhorar algo na vida.

Dessas, uma funcionou especialmente. Ela se chama PP e PPP. Encontrei nesta página lá por 2007, 2008, talvez depois, não lembro ao certo, e já comentei sobre esta ideia aqui duas vezes.

Ela diz que o caminho para o sucesso em qualquer área da vida pode ser realizado assim:

O Ponto de Partida (ou  Primeiro Passo) – PP – e uma sucessão infinita de Próximos Pequenos PassosPPP.

Esta estratégia se baseia nas seguintes visões:

A maior obra arquitetônica começou com um único tijolo.

A maior empresa de qualquer segmento começou oferecendo um único primeiro produto.

O curso mais longo começou com uma primeira aula.

Eu arriscaria dizer que o Ponto de Partida é a parte mais difícil. Se relaciona com a decisão de SAIR da zona de conforto. De se jogar de cabeça. Decisão e coragem são as palavras-chave envolvendo o PP.

Os PPPs são mais simples, são pequenas consequências. Depois de se jogar de cabeça num desafio, muito provavelmente os próximos passos serão dados automaticamente. Ou não, quem sabe até alcançar um estágio mais adiantado em seu objetivo, tenha que dar o que o autor chama de PPPP – Próximo Pequeno Passo Possível.

Há vários ditados populares que validam esse ponto de vista:

De grão em grão a galinha enche o papo.

Se carregar um punhado de terra todos os dias, logo terá uma montanha.

Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura.

Riqueza é como árvore: cresce a partir de uma pequena semente.

Até a jornada de mil milhas começa com um único passo – Lao Tse

É claro que muitos praticam esta estratégia inconscientemente. Porém para fins “didáticos” e de sugestão, o nome PP e PPP se adequam bastante. Este modo de pensar e agir se ajusta perfeitamente para quem desanima fácil diante de tarefas que lhe parecem muito grandes. Pois ajuda muito ENTENDER que dividir uma grande tarefa em pequenas partes que serão realizadas uma por vez torna a tarefa – senão mais fácil – ao menos viável. Desde que se permaneça firme no objetivo, com perseverança e paciência ao longo do prazo necessário para a conclusão da tarefa em questão. Pense por exemplo na força, paciência, perseverança e confiança dos pedreiros que tocam a obra de um edifício por dois, três, quatro anos ou até mais, até que ele enfim se conclua.

Ajuda muito também deixar de pensar que tudo que poderia ter sido feito já foi feito por outros no passado, e que só nos resta vivenciar um futuro insosso. Não! É no futuro que estão as suas realizações. Temos direito a construir nossa vida no espaço de tempo chamado futuro. É no futuro que está a nossa vida. Ou o construímos agora, tijolo por tijolo, ou nos arrependeremos no fim por não termos feito nada. Há muito por ser feito nesse mundo ainda. Essa é uma forma de ser otimista, um otimismo necessário.

E quanto a você? Qual será seu Ponto de Partida?