Um rapaz num grupo do Facebook, sensibilizado pelas mensagens de pânico da mídia (e um horror particular ao presidente), disse, e acredita mesmo, e espalha para quem quiser ouvir, que…

“…não vai sobrar árvore sobre árvore na Amazônia”.

Numa manifestação de pânico e drama de quem cai facilmente – ou quer acreditar – no alarmismo midiático.

***

Esta é uma imagem atual da floresta:

Floresta Amazônica

Floresta Amazônica

Aquele “buraco” no norte, parte superior da imagem, é uma área de savana natural que existe em Roraima.

Na parte debaixo vamos as áreas devastadas, basicamente no norte do Mato Grosso, Rondônia e leste do Acre e do Pará.

O Amazonas, o maior estado do país, com área equivalente a 6 vezes a área do Estado de São Paulo (que é grande) está com sua floresta praticamente intacta.

Em outras palavras: Nós temos 6 estados de São Paulo só de floresta, só no Amazonas.

Na verdade é mais porque estou contando somente o Amazonas.

A Amazônia Legal, que abarca área dos países vizinhos corresponde a mais de 20 Estados de São Paulo cobertos por um tapete verde.

É FLORESTA QUE NÃO ACABA MAIS.

Todo esse drama apocalíptico que ouvimos sobre a Amazônia desde crianças corresponde aos 17% desmatados até hoje.

Ainda há cerca de 80% da floresta de pé.

***

Temos que preservar? Temos!

Temos que acabar com essas queimadas criminosas? Temos!

Temos que controlar a ganância do agro-negócio? Temos.

O Bolsonaro é bobo feio e malvado? É!

Mas me dói o cérebro ver gente inteligente acreditando que não vai sobrar árvore sobre árvore.

Porque se é uma coisa que não vai faltar por lá tão cedo, são árvores.

Narrativas

Só cai e espalha essa narrativa de que a Amazônia está desaparecendo quem carece de noção do que é a realidade…

…ou é movido por má-fé e por interesses particulares na queda do atual governo.

O rapaz aqui citado é funcionário de uma instituição governamental já bastante criticada e até ameaçada de extinção por parte do presidente.