salvar-o-casamentoO casamento, assim como qualquer relacionamento humano, é como uma fogueira que precisa ser alimentada com lenha para não se extinguir.

A lenha do casamento é a ATENÇÃO.

Se você deseja melhorar o seu casamento, diariamente precisa tomar atitudes nesse sentido. Veja algumas dicas que você poderia tomar a partir de hoje no seu casamento.

Se cada cônjuge fizer a sua parte, ambos experimentarão uma relação conjugal bem melhor:

1. Trate o seu casamento de forma singular

Não existe nenhum outro igual ao seu. É preciso, porém, determinar o que queremos do casamento.

2. Jogue fora, de vez em quando, o resto de lixo do seu casamento

Nosso problema nesse sentido consiste em juntar até não caber mais, queixas, mágoas, ressentimentos, até se tornar insuportável. Certas coisas não mudam e precisamos desapegar e aprender a conviver com elas, ao invés de guerrear todo santo dia contra inimigos que nunca morrem.

3. Ajuste as finanças como um bem comum

Aprenda a manusear o dinheiro como sendo da família, e não de um em particular. Cuidado com as ambições e a ganância. Ponha Deus em primeiro lugar nas suas finanças.

4. Revigore a comunicação familiar

Desenvolva o senso de humor como uma necessidade diária. Relembre o seu estilo galanteador, atencioso e carinhoso, e renove a alegria da sua casa todas as manhãs. Cuidado com o ‘nunca’ e ‘sempre’.

5. Descubra a alegria do lazer familiar

Trabalhar é importante, mas não se esqueça do lazer. Passeie com o seu cônjuge ou com sua família. Faça aquele passeio que há muito tempo estão planejando. Descubra formas criativas de lazer na sua própria casa ou na sua cidade.

6. Exercite o diálogo conjugal até o fim

Evite o desabafo com vizinhos e colegas. Faça tudo que puder porque o divórcio é muito caro.

7. Realizem novas luas de mel sem os filhos

Use a sua imaginação indo a um lugar próximo ou a um hotel mais barato ou por poucos dias. Desvencilhe-se do excesso de apego aos filhos. Eles também precisam aprender a andar com as próprias pernas.

8. Apresente a sua voluntariedade nos serviços domésticos

Antes de pensar que é o homem ou a mulher, lembre-se que são uma parceria. Descubra o prazer da ajuda mútua. Isto equilibra as forças de poder e mando e as relações afetivas.

9. Continue incentivando sua relação afetivo-sexual

A relação sexual está para o casamento como a calda de ameixa está para o pudim. Em muitos lares é como se o fogo da paixão afetiva já estivesse apagado. Lembre-se dos dias do fogão a lenha, um abano mantinha o fogo aceso e portanto a chama mais duradoura. Uma boa e ousada sugestão é que tanto o homem como a mulher continuem se vestindo bem, com elegância, como quando eram solteiros, e que cuidem da aparência e da boa forma. Não é vaidade, é capricho.

10. Partilhe com o cônjuge e seus filhos toda experiência do seu crescimento espiritual

Um casamento tende a seguir adiante na medida em que os dois evoluam na mesma direção. Quando o progresso individual segue caminhos muito dispares, a tendência é para o afastamento, mais cedo ou mais tarde. Tudo bem, acontece. Mas talvez valha a pena um esforço para se caminhar sempre juntos no progresso material, afetivo e espiritual.