Exemplo típico de um "bonzinho"

Exemplo típico de um “bonzinho”

Bonzinho só se f*de.

Bonzinho não come ninguém.

Frases cunhadas pela sabedoria do povo.

E são muito verdadeiras, como eu mesmo pude comprovar por experiência.

Eu sempre fui o típico cara bonzinho.

Mas o que é um cara bonzinho?

As pessoas normalmente acham que o bonzinho é o cara que não faz mal para as outras pessoas, e só pratica o bem, é legal com todo mundo.

Mas o bonzinho de que estamos falando é o sujeito que não se impõe. O cara que não abre a boca achando que o que for falar vai atrapalhar a conversa dos outros. Que tenta comprar a atenção e companhia das mulheres usando presentes e coisas românticas. Que não defende suas opiniões, nem se expõe com medo de contrariar os outros, com medo de incomodar os outros.

Que pede desculpa por existir.

Tenha você se identificado ou não com o que eu descrevi, você pode ver que um sujeito desses não tem como se dar bem. Mas ao contrário do que muita gente pensa, deixar de ser bonzinho não significa ser mau, maltratar os outros, sair mandando todos se f*derem. Basta se respeitar, da mesma fora que respeita os outros. Não achar que vale menos que as outras pessoas, principalmente mulheres. Ser um homem. Isso é bom para você e é bom para elas.

***

Esse texto poderia ter sido escrito por mim. Mas não foi :)

Foi retirado deste link de um blog sobre a luta de um sujeito anônimo para fugir da timidez.

Eu acrescentaria que o bonzinho é bonzinho porque é orgulhoso. Ele está longe, MUITO LONGE de ser uma vítima dos outros e da sociedade. Ele quer passar uma imagem de gente boa, por isso faz o possível para agradar e o IMPOSSÍVEL para não desagradar. Ele se molda o tempo todo aos outros. Ele é covarde também, porque tem medo do combate. Tem medo do enfrentamento. Por quê? Porque enfrentar os outros pode significar desagradá-los. Mas desagradar e ser mal visto pelos outros é a MORTE em vida para o bonzinho.

De fato, o bonzinho só se f*ode.

E merecidamente.

Mais ruindade, por favor!

A solução pra essa bonzisse toda se chama ruindade. Não, é claro, no sentido de se tornar maligno e praticar maldades com os outros, como dito no trecho citado acima, e sim, no sentido de referenciar seus juízos por seus próprios valores e, na medida em que alguém ou alguma situação ultrapassar os limites de seus princípios e do seu bem-estar, saber exigir dos outros que corrijam o que estiver errado e BRIGAR por seus valores se necessário for.

Veja também

Como lidar com os outros

Como sair da friendzone

Como conquistar a garota certa (se existissem garotas certas)

Fica quieto menino