A curiosidade mais nadaver que você vai ler hoje:

Por que nova york se tornou NOVA YORK?

Há dois motivos, um natural e um motivo humano.

O natural é a constituição geográfica da cidade, uma ilha, a ilha de Manhattan. Manhattan é uma ilha fluvial, comprida, cercada por dois rios largos, um deles, o principal, o rio Hudson, que sobe longe e naturalmente, para o norte.

Manhattan é um porto natural. E o que fez surgir as grandes cidades do mundo foi sua localização comercialmente estratégica. É o comércio que faz surgir e extinguir povoações.

O outro motivo é a visão humana. A crença na expansão natural das coisas (crença que não é natural em todos os povos) e o devido preparo para o que se enxerga de longe.

Bacia Hidrográfica do Rio Mississipi

Bacia Hidrográfica do Rio Mississipi

Os Estados Unidos possuem ao norte, interior, os grandes lagos. Na beira dos grandes lagos surgiam à época de 1800 grandes cidades, dentre as quais, a conhecida Chicago.

E essas cidades precisavam de muitos itens, muitos produzidos na Inglaterra, do outro lado do oceano. A rota natural para Chicago seria o Rio Mississipi que se inicia bem ao sul dos Estados Unidos. Porém muito mais distante.

Mas os Estados Unidos são o que são porque é uma nação de visionários, dentre os quais, o então prefeito de Nova York, DeWitt Clinton. E já nos primeiros anos de 1800 surgiu a ideia de construir um canal que ligasse Nova York aos grandes lagos, canal que ficou chamado de Canal Erie.

Esse canal, uma obra de engenharia inacreditável para a época em que foi construída, que ligava o rio Hudson em direção Oeste para os grandes lagos, fez de Nova York o porto natural para todo e qualquer produto que se dirigisse ao vasto interior dos EUA (e porta de entrada para milhares de imigrantes). E fez da cidade um gigantesco porto, como se vê na imagem abaixo de 1951.

Uma vista aérea da cidade de Nova York em 1951

Uma vista aérea da cidade de Nova York em 1951

O fato dessa ligação se dar com uma Inglaterra que efervescia em sua Revolução Industrial pode se configurar como um 3º motivo. E estar no meio entre Londres e Los Angeles tornou a cidade sede natural de grandes corporações que até hoje influenciam fortemente o mundo globalizado.

Hoje toda a movimentação portuária da região foi transferida para Nova Jersey e Manhattan está com suas bordas limpas dos infindáveis cais portuários, restando alguns poucos, para o transporte de passageiros.

Porém a ilha permanece como um dos grandes centros financeiros, comerciais e culturais do mundo ocidental.

Nova York - Manhattan

Nova York – Manhattan