Cuide ao dar ouvido aos outros

Cuide ao dar ouvido aos outros

Pois bem, vamos falar de autoestima. Gosto de falar sobre autoestima porque tanto posso compartilhar algo com o leitor(a) como fixo em meu cotidiano minhas próprias observações e conclusões a respeito do que tenho visto sobre este tema.

Existe um aspecto muito relevante em relação à nossa autoestima, o qual tenho observado em vários textos e mensagens. Diz respeito a importância – tanto para o sucesso amoroso como financeiro – da atitude de SERMOS NÓS MESMOS.

Você É você mesmo? Você é você mesmo ou é o que seus pais, família, amigos e televisão dizem que você deve ser? Não que todos devam rebelar-se contra a opinião alheia ou familiar. Mas até que ponto você é capaz de ouvir opiniões, e APENAS OUVIR, para depois digeri-las para encontrar o que é melhor para você?

Veja que bela conclusão:

A principal missão do homem, na vida, é dar luz a si mesmo e tornar-se aquilo que ele é potencialmente.
Erich Fromm

Não é uma bela missão de vida tornar-se o que você é, potencialmente, como indivíduo único neste universo?

Observe então quanta perda de tempo: Não temos a tendência, principalmente na juventude, a querermos parecer iguais aos outros? Quantas bobagens fazemos até entendermos que, muito provavelmente, é o caminho oposto que nos levará a lugares bem melhores. Que tal colocar a sua diferença como diferencial?

E por que você fica se rebaixando, humilhando, se considerando por menos, sendo na verdade um filho de Deus em versão única e exclusiva? Sabia que só por estar vivo, você já constitui uma obra-prima da natureza? Já pensou na batalha diária que o seu corpo trava para manter-se vivo? Já reparou como o seu coração gosta de você? Por que ele bateria tanto, por tantos anos, para permitir que você curta tudo que pode na vida? Sendo assim, porque então maltratar o seu corpo, com bebidas, alimentos ou outras substâncias inadequadas? Já pensou quantos milhões de anos a natureza levou para moldar o ser humano, com todas as suas potencialidades, para que alguns deles, como quem sabe você mesmo, fique trancado no quarto vendo a vida passar lá fora?

E mais: Muito além de qualquer diferença que possa nos segregar de um grupo, sempre há alguma tarefa que saibamos fazer melhor que os outros. O que você sabe fazer bem? Seja lá o que for, melhore! Não há nada de mais avançado neste mundo que não possa ser melhorado. Desenvolva seus potenciais, sendo o seu potencial aquilo que você sente mais prazer de fazer na vida. Só o fato de fazer o seu trabalho – que em sentindo prazer em fazer, deixa de ser trabalho – só o fato de fazê-lo como o melhor profissional o faria, já lhe colocará acima de multidões. O mundo sempre dedicará espaço e valor para quem é competente. Desenvolva sua competência, diferenciando-se para melhor, através de cursos, leituras e muita prática (que só o tempo aliado a certa paciência permitirá) e você terá escalado o topo de sua existência e terá deixado o poço da depressão lá pra baixo.

Se alguém varre as ruas para viver, deve varrê-las como Michelângelo pintava, como Beethoven compunha, como Shakespeare escrevia.
Martin Luther King Jr.

Não acredite em destino. Foi sem dúvida uma das maiores bobagens já inventadas. O mundo está lá fora para você por a mão nele. Mexa, mude, construa, destrua, mas deixe a sua marca. Faça a diferença na vida das pessoas – preferencialmente para melhor.

Somente os fortes e corajosos serão lembrados.

Conheça meu livro Autoestima Nota 10.