Tudo bem mesmo?

Tudo bem mesmo?

***

Oi, tudo bem?

N̶ã̶o̶,̶ ̶n̶ã̶o̶ ̶e̶s̶t̶á̶ ̶t̶u̶d̶o̶ ̶b̶e̶m̶,̶ ̶e̶s̶t̶o̶u̶ ̶m̶a̶l̶,̶ ̶c̶o̶n̶f̶u̶s̶o̶,̶ ̶c̶h̶a̶t̶e̶a̶d̶o̶,̶ ̶s̶o̶f̶r̶e̶n̶d̶o̶,̶ ̶s̶e̶n̶t̶i̶n̶d̶o̶ ̶f̶a̶l̶t̶a̶ ̶d̶e̶ ̶p̶e̶s̶s̶o̶a̶s̶ ̶q̶u̶e̶ ̶n̶ã̶o̶ ̶v̶ã̶o̶ ̶v̶o̶l̶t̶a̶r̶,̶ ̶p̶r̶e̶c̶i̶s̶a̶n̶d̶o̶ ̶d̶e̶ ̶c̶a̶r̶i̶n̶h̶o̶ ̶e̶ ̶d̶e̶ ̶f̶o̶r̶ç̶a̶s̶ ̶p̶a̶r̶a̶ ̶s̶e̶g̶u̶i̶r̶ ̶e̶m̶ ̶f̶r̶e̶n̶t̶e.
Tudo bem e você?

***

Encontrei essa frase compartilhada pela leitora Rosana no Facebook.

É um misto de desabafo em forma de ironia.

Me chamou muita atenção porque acho que todos nós vivemos, frequentemente, algo muito parecido. Há dias em que tudo está espantosamente bem, mas há outros dias, e creio que sejam maioria, em que realmente não nos sentimos bem.

E as pessoas vêm nos perguntar se está tudo bem. Quase nunca está, mas nos sentimos forçados a dizer que está tudo bem sim.

Essa postura poderia ser vista como hipocrisia, ou falsidade. Mas não sei se é bem assim. O fato é que a vida, e o dia-a-dia, são (muito) difíceis para todos. Se está ruim pra você, provavelmente também está difícil para quem você encontrou. Não é sensato, portanto, despejar seus dissabores sobre essa pessoa.

Esta atitude de preservar os outros de terem de ouvir nossas desventuras é um misto de educação, com gentileza.

Poupar os outros da nossa negatividade é um ato grandiosamente gentil.

Melhor continuarmos mentindo que está tudo bem, mesmo que não esteja.

Não é hipocrisia, é gentileza, generosidade, quase uma caridade ;)

É um favor que fazemos ao mundo.