Encontrei o trecho abaixo no blog do Luiz Carlos Prates, o qual recomendo fortemente:

Vim até aqui para dar um conselho à guria, ou ao garoto, que se vê feia, feio: você pode ser bonito, ficar bonito, lindo, lindíssima… Basta que se torne muito competente em alguma coisa, que encha a cabeça de boas leituras, de elegância nos gestos, no falar, apuro ao vestir-se, investindo na boa educação, enfim. Tiro e queda, a pessoa fica lindíssima. E feliz. Quem investe na beleza “interna” acaba vaidoso dessa beleza, e não esquenta tanto a cabeça com a beleza externa e fugaz. Consolo? Tudo na vida é consolo. Burrice é ficar se achando feio quando, pelo menos por dentro, se pode ser bonito. Fonte

Magnífico não? Tudo na vida é consolo! Grande verdade. Ou você faz o que estiver ao seu alcance, ou fica chorando e se lamentando. A escolha é sua!