Pára tudo!

Pára tudo!

Texto muito interessante encontrado aqui, e que foi mais “adaptado” do que traduzido por mim, já que a realidade e os pontos de vistas americanos diferem bastante do contexto brasileiro de trabalho corporativo. Não é à toa que é de lá que vem o termo workaholic, mas vale a leitura:

Listas do tipo “Não faça” podem ser mais efetivas para otimizar nossa performance diária na vida e no trabalho do que as listas do tipo “Faça isso, faça aquilo”. A razão é simples: O que você não faz determina o que você pode fazer.

Aqui vão nove hábitos comuns e estressantes que empreendedores e profissionais de escritório devem se esforçar para eliminar. Cada item é seguido de descrições detalhadas. Se decidir seguir, concentre-se em um ou dois itens por vez:

1 – Não responda chamadas de números telefônicos desconhecidos.
Isso resulta em interrupções indesejadas e baixos níveis de negociação efetiva.

2 – Não gerencie seus emails como primeira tarefa ou última tarefa do dia.
Isso altera e desfoca as prioridades que você tem para o dia que se inicia ou que você já planejou para o próximo dia. O email pode esperar até as 10 da manhã, quando então muito provavelmente você já terá completado suas tarefas já programadas, ou as mais importantes.

3 – Não agende encontros ou chamadas sem uma perspectiva de agenda livre nem sem uma previsão do tempo de duração.
Nenhuma reunião ou chamada deve durar mais de 30 minutos, da mesma forma que não é aconselhável agendar uma reunião num curto espaço de tempo, sem que haja o tempo adequado para preparar as questões e fazer um bom uso do tempo juntos.

4 – Não dê corda para conversas inúteis.
Esqueça o “Como vão as coisas?” quando alguém liga para você. Vá direto ao assunto com “Em que posso ajudá-lo?” ou “Estou finalizando alguma tarefa, mas em que posso ajudá-lo?” Vá direto ao ponto e economize neurônios.

5 – Não responda seus emails constantemente.
2 ou 3 vezes ao dia é suficiente. Saia fora do efeito viciante da procrastinação e foque na execução de sua mais importante tarefa no momento ao invés de responder urgências artificiais.

6 – Não gaste seu precioso tempo com coisas pouco lucrativas.
Não há uma fórmula para o sucesso, mas há uma fórmula para o fracasso que é certeira: Tentar agradar a todos. Faça uma análise 80/20 da sua base de trabalho/clientes/fornecedores ou seja lá o que for: Qual é o 20% dessas pessoas que lhe trás 80% do lucro? (princípio de pareto, cauda longa, etc) E qual é o 80% dessas pessoas que lhe geram apenas 20% dos lucros? Encontre uma fórmula de filtrar esses 80% (se for possível eliminar tudo, melhor) e dê mais atenção e concentre-se nos 20% de gente que realmente te ajuda a progredir.

7 – Não trabalhe para se oprimir.
Se você não PRIORIZAR, tudo parecerá urgente e importante. Se você definir poucas, mas realmente importantes tarefas para cada dia, nada mais terá tanta importância e urgência. Além do mais, nem tudo que parece ruim, é realmente ruim. Uma ligação pode ser respondida mais tarde com um sincero pedido de desculpa, ou perder um cliente daqueles só reclamam ou pagam mal pode ser algo muito positivo, principalmente quando há de fato coisas tão ou mais importantes a serem realizadas. A resposta para a opressão no trabalho não é criar uma couraça, ou produzindo mais. É definindo as poucas coisas que podem realmente fundamentar o progresso no seu negócio e na vida.

8 – Não ande com seu celular, blackberry ou iphone 24/7/365.
Tire ao menos um dia por semana fora do mundo digital. Desligue-o e melhor, esconda-o fora do seu trajeto comum pela casa. Também é altamente recomendável deixar seus brinquedinhos digitais em casa quando for jantar fora. Este é um momento seu, para você e para sua família. Não permita que os outros intervenham. O que há demais em retornar uma ligação mais tarde, ou na manhã seguinte? O mundo vai acabar? Certamente não. Se a ligação que está para receber é muito importante, então não vá jantar fora. No fundo, desenvolver seu senso de prioridade, ou senso do que é importante, é a base de todos esses itens aqui.

9 – Não deixe que o trabalho preencha um espaço que deve ser preenchido por outras atividades.
Trabalho definitivamente não é tudo na vida. Seus colegas de trabalho não devem ser seus únicos amigos. Organize sua vida e defenda sua agenda pessoal como priorizaria uma reunião a trabalho. Por mais que você se dedique somente ao trabalho, sua produtividade vai cair. Atividades alheias ao trabalho acabam por efetivar sua produção quando à trabalho. São como um combustível. Trabalhar igual um condenado nos fins de semana não é o melhor meio de curtir seu curto tempo neste planeta.