Você certamente já ouviu falar MUITO em valores e princípios. Principalmente no ambiente empresarial. Todas as empresas mais moderninhas tem seu quadrinho no corredor com a missão, valores e princípios da equipe que a conduz.

Pessoas muito íntegras e preocupadas com a moral e os bons costumes também vivem alardando que vivem com base em sólidos princípios morais, quase sempre baseados em valores como honestidade e solidariedade.

Tudo muito lindo e maravilhoso.

Só que a questão dos valores e princípios pessoais vai muito além daquele parâmetro moral básico da honestidade passada de pai para filho.

Segundo o dicionário Aulete, o termo princípio pode ser entendido como:

4. Valor moral, dignidade; 5. Preceito, regra, lei.

Segundo a mesma fonte, o termo valores pode ser entendido como:

3. Conjunto de normas, princípios ou padrões sociais que são aceitos e mantidos por um indivíduo, grupo, sociedade etc.

E ainda com base na mesma fonte, chegamos ao entendimento do termo crença como:

3. Aquilo que uma pessoa ou grupo consideram como verdadeiro.

4. Profunda e íntima convicção; CERTEZA; CONFIANÇA.

Portanto, com base nesses significados, chego à seguinte conclusão:

Toda opinião que você mantem sobre qualquer tema da vida, e em última instância, sobre a própria vida, é um princípio, ou valor, ou crença, isto é, uma lei ou norma particular, que dita o que será verdadeiro para você, independente da verdade real e objetiva. Este princípio, valor ou crença ditará o significado que aquele tema terá para você, significado este que servirá de base a partir da qual você se utilizará para lidar com o tema em questão.

A realidade, como algo em si, absoluto, não existe. Cada pessoa constrói a sua realidade a partir do seu modelo de mundo.

Se alguém acredita que as pessoas são basicamente más, que o mundo é um lugar perigoso, e que se relaxar e confiar em alguém estará em perigo, que tipo de relacionamentos terá?

Quem vive na defensiva, achando que os outros querem sempre tirar vantagem, acabará atraindo pessoas que confirmarão sua crença.

Não se trata de algo mágico. O que acontece é que nossos pensamentos e emoções nos levam a adotar comportamentos que buscam confirmação para nossas crenças.

Fonte

Crenças limitantes

Comece bem, para ir longe

Comece bem, para ir longe

Quando você muda suas crenças, você modifica suas energias e são elas que movem todos os acontecimentos à sua volta. Zíbia Gasparetto

Um princípio é de onde se parte. Um princípio limitado não o(a) levará para muito longe. Se você relaciona um valor negativo para um princípio básico qualquer, está partindo para lidar com o objeto do princípio com uma postura bastante negativa. Por exemplo, se você acredita ser uma pessoa fraca, este é um princípio a partir do qual você inicia todas as suas ações (ou inação) e que é o princípio (ou crença) de que você é, preponderantemente, uma pessoa fraca e vai conseguir muito pouco na vida. Nem vai tentar, , porque pessoas fracas não conseguem nada mesmo.

Como se vê, as consequências de UM princípio negativo podem ser terríveis e fazer a pessoa se anular bastante. Agora imagina se você descobre que a maioria dos princípios que você adota na vida são negativos.

Foi o que eu descobri a meu respeito.

Esse questionário abaixo pode parecer um questionário tirado de um livro qualquer de auto-ajuda. Mas ele trata basicamente de nossos valores e princípios pessoais mais básicos e vai soar muito revelador para você, como foi para mim. Complete as frases de acordo com o que você SENTE a respeito dos seguintes itens:

  • A vida é …
  • Eu sou … 
  • Pessoas são …
  • Homens / mulheres são …

A primeira vez que vi isso, me surpreendi bastante com minhas respostas. Para mim, a vida é difícil, eu sou limitado, as pessoas são perfeitas, e as mulheres difíceis.

:(

Eis os princípios que tem norteado minha vida. Tão ridículos quanto equivocados. É claro que também tenho, como todos, muitos outros princípios, alguns positivos, como a honestidade e a solidariedade. E eles me ajudam a funcionar minimamente em sociedade, mas eles não são os únicos. E há pouco vimos que outros princípios tão importantes quanto estes últimos, estão, para mim, completamente negativados :) e tem norteado minhas decisões de modo bastante prejudicial (eu garanto).

E tenho certeza que suas respostas não devem ser lá muito melhores, embora eu realmente espere que você aí não esteja num nível de crenças básicas tão precário.

Melhor seria se nós conseguíssemos responder a estas questões básicas sobre nossos valores e princípios de um modo semelhante a este:

  • A vida é um jogo / dança / teatro / paraíso / boa
  • Eu sou poderoso / guerreiro / sortudo / especial
  • As pessoas são agradáveis / divertidas / boas / amistosas
  • Homens / Mulheres são um dom / divertidos(as) / uma benção / Receptivos(as)

Sugiro que faça um exercício. Responda a este questionário, refletindo com bastante calma. Responda primeiramente com o que sente a respeito desses itens. Depois responda do modo como você gostaria que fossem, isto é, minimamente positivos. Ao mesmo tempo, preste atenção na forma como você fala de si mesmo, para si mesmo e para os outros. É importante que você seja plenamente honesto consigo mesmo. Outras possíveis respostas:

  • Eu sou um nerd / fraco / esquisito  
  • Eu sou tímido demais
  • Eu não sou compatível com ele / ela
  • Não sou normal
  • Eu não sei o que fazer / falar
  • Tenho medo de ser rejeitado / estragar tudo /sofrer / me envergonhar / do que os outros vão pensar
  • Homens / mulheres não gostam de mim
  • As pessoas não gostam de mim

Afirmações positivas

Muitas vezes, influenciados por leituras de auto-ajuda, podemos nos valer do recurso das afirmações positivas para tentar melhorar nosso otimismo e atrair coisas boas para a nossa vida. É muito válido. Mas perceba que de nada adianta afirmar eventos futuros de modo positivo, se você traz consigo toda uma carga negativa a respeito da vida, de si mesmo(a) e dos outros.

Tente trabalhar para mudar suas crenças, isto é, o julgamento que você tem feito das coisas. Tente ao menos melhorar suas crenças mais básicas: sobre você, sobre os outros, sobre a vida. As crenças são a base de nossas decisões e ações, e o que denominamos princípios, ou seja, nossos princípios de vida, nada mais são do que todo um rol de crenças, normalmente mal definidas, ou definidas de modo improvisado – e negativo – ao longo de uma vida conturbada, e que definem todo um possível percurso problemático de sua vida.

Portanto fica a sugestão: Estabeleça novos princípios para a sua vida, com valores positivos a respeito deles. Isto deve fazer com que você se livre de boa parte de suas limitações de uma vez por todas. Mas primeiro, você precisa saber exatamente quais são suas crenças. Para isso serve o questionário acima, o qual pode ser expandido ou especificado. Por exemplo:

  • As festas são …
  • O dinheiro é …
  • Meu patrão é …

Por isso sugere-se que você faça o questionário com calma, analise suas possíveis respostas negativas, e depois responda novamente ao mesmo questionário pensando sobre como você gostaria de ser, seu ideal, e com as visões de si e das pessoas que o você ideal estaria adotando.

Se você acha que pode, ou que não pode fazer alguma coisa, você tem sempre razão. Henry Ford

Uma vez respondido o questionário, passe a repetir os novos valores a respeito das coisas da vida para você por alguns dias e perceba como passa a se sentir a respeito dessas coisas.

Só com este simples exercício, que a mim surpreendeu bastante, você pode causar algumas boas mudanças na sua vida.

Veja também

Esta mensagem tem MUITO A VER com estas outras três:

O que é abençoar?

Por que reclamar das coisas é tão prejudicial

Maus olhados, inveja e o silêncio

São textos que levam a uma mesma conclusão:

Ser POSITIVO(A) é imprescindível para uma vida melhor.