Você será julgado pelos seus atos. Sua essência, sua personalidade, sua sexualidade, vão ser construídos pelas suas ações. Você é o que você faz, pois é através dos seus atos que você interage com o mundo.

[…] Quem se interessa pela intenção do criminoso, ou pelo que passa no coração dos homens, é o sistema jurídico romano baseado em uma moralidade cristã. No judaísmo, o que importa é o que você faz. Deus não está interessado em minúcias.

Alex Castro

***

Agir, eis a inteligência verdadeira. Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for. O êxito está em ter êxito, e não em ter condições de êxito. Condições de palácio tem qualquer terra larga, mas onde estará o palácio se não o fizerem ali?

Fernando Pessoa

***

Saber não é suficiente, devemos aplicar. Querer não é suficiente, devemos fazer.

Johann Goethe

Segundo estas visões, você é o que você faz, e não o que pensa, nem o que sente.

Eu concordo INTEGRALMENTE.

Somos o que fazemos.

Só existe o que acontece.

Só se torna história o que aconteceu, e se manifestou, no plano da realidade. O que se restringiu ao pensamento, ou ao sentimento, perdeu-se no redemoinho dos infinitos não-existidos.

Vai, como der

Vai, como der

O projeto arquitetônico mais lindo e mirabolante já vislumbrado, não vai passar de (mais) um devaneio de (mais) uma mente louca enquanto não for construído efetivamente, com aço, concreto e suor, no mundo real.

O amor mais profundo por outra pessoa, que não é expressado, dito, e não resulta em gestos de amor direcionados ao ser amado, nem em uma entrega total – de corpo e alma, mais corpo que alma – para o outro, talvez não seja um amor assim tão profundo.

Amor verdadeiro – e existente – é amor de corpo e alma.

Um amor só de alma, ou só de corpo, é meio amor.

Talvez nem seja.

Veja também

Amar: Um verbo ativo

O que significa amar?

O que é amor verdadeiro?

O amor não é um superpoder

Meu amor é incondicional, mas com uma condiçãozinha