O filho que muitas vezes não limpa o quarto e fica ouvindo música no volume máximo,
ao menos está em casa.

A desordem que tenho de limpar depois da festa,
significa que estivemos rodeados de familiares e amigos.

Não encontrar um amor,
significa que estou livre.

As dificuldades de relacionamento,
demonstram que tenho alguém.

As roupas que estão apertadas,
demonstram que tenho mais do que o suficiente para comer.

O trabalho que tenho para limpar a casa,
significa que tenho uma casa.

As reclamações que ouço sobre o governo,
demonstram que temos liberdade de expressão.

Trânsito parado, não encontro estacionamento,
significa que tenho um carro.

Os gritos das crianças,
demonstram que elas tem saúde, e que posso ouvir.

O cansaço no final do dia,
significa que tenho trabalho.

O despertador que me acorda todas as manhãs,
me lembra que estou vivo.

Resumindo, digo a você dizendo à mim mesmo: Seja grato(a), as coisas poderiam ser piores!

A lista acima foi baseada em textinho semelhante o qual você já deve ter recebido por email.

E muito obrigado por passar por aqui! ;-)