Câmara dos Deputados

Câmara dos Deputados

Particularmente, já fui mais a favor da redução, hoje não sou nem contra, nem a favor.

Considero o assunto complexo demais para opinar.

Mas algumas coisas são meio óbvias: Reduzir não vai resolver a questão da violência, o que faz com que esta redução seja talvez desnecessária, o que também me leva a crer que esse auê todo é uma grande distração da opinião pública de assuntos mais importantes e relevantes, como o abismo econômico do qual o Brasil está a um passo.

Entretanto, sobre essa questão, há um ponto irônico:

A Esquerda, que é (veementemente) contra a redução, luta contra algo que acredita ser ruim, mas que vai em desencontro com a maioria da população, que é a favor:

87% querem redução da maioridade penal

Ora, democracia não é um sistema que presume que o que a maioria quer é o melhor? Então porque são tão veementemente contra, naquele que é dos raros assuntos que encontra amplo respaldo entre a população?

Não parece que não têm a menor noção do que estão fazendo?

A Esquerda, o fantástico reino da incoerência

A Esquerda, o fantástico reino da incoerência

Para mim, ser tão veemente contra algo que a maioria aprova só pode ser birra ideológica.

Democracia, tão linda quando a maioria concorda comigo, e tão questionável quando esse povo conservador, retrógrado, ignorante e reacionário não entende os meus valores tão nobres e humanos.

Outro ponto interessante. Segundo a revista Veja:

A proposta mantém a redução da maioridade nos casos de crimes graves contra a vida, como homicídio, estupro, sequestro, lesão corporal seguida de morte e exploração sexual infantil. A mudança em relação ao texto anterior significa que os adolescentes de 16 e 17 anos que praticarem tráfico de drogas, roubo qualificado, tortura, lesão corporal grave e terrorismo não serão mais incluídos no sistema criminal […]

A redução da maioridade penal ocorreria, caso tudo isso venha a se confirmar em novas votações, “apenas” para crimes bastante fortes: morte, estupro, sequestro…

O que parece bastante coerente: Eu acho realmente difícil ser contra a punição severa para quem assassina, estupra, sequestra ou explora crianças, independente da idade que tenha.

Eu não consigo.