Quando algo dava muito errado nas tarefas de manutenção doméstica, que ele odiava, meu pai costumava chamar nomes “lindos”, que deixariam o diabo envergonhado.

Quando tenho que fazer alguma manutenção doméstica que dá muito mais trabalho que o esperado, imagine você os nomes “lindos” que costumo chamar…

***

Quando um talher caía de sua mão, minha mãe juntava. Quando escapava pela segunda vez, ela xingava. Quando o talher teimoso lhe escapava pela terceira vez, ela chutava ele pra longe, abria a gaveta e pegava outro.

Hoje um talher caiu da minha mão por três vezes. Adivinha o que eu fiz?

***

Ah, os nossos pais, o que seria de nós se eles não fossem ELES?

***

Ps.: É claro que meus pais me deixaram muito mais exemplos bons do que ruins. Mas estes dois acima lembrados são os mais irônicos, que acabam me fazendo rir sozinho, depois de repeti-los… ;)