Clique aqui para imprimir

A maior questão existencial

Enviado em 2016-10-23 21:25:21

A minha maior dúvida existencial há tempos deixou de ser se há vida após a morte, se há salvação ou reencarnação, ou se nascemos para evoluirmos ou alcançarmos a iluminação espiritual em vida.

Não tenho certeza sobre nada disso, mas no momento nada disso tem importado muito.

No momento, minha grande dúvida existencial é POR QUE que Deus fez TANTA GENTE nesse mundo...

Qual é o propósito do Criador com bilhões de seres humanos (e aumentando) - estes seres doidos que jogam bombas uns nos outros...

...e que não se importam em estar amontoados, suados, torrando sob o sol, na beira da praia:

Um lugar para não se estar


Veja bem, esta não é uma mera questão irônica. É irônica, mas as implicações dela, quando relacionada com as outras questões mais antigas, se desdobra num infinito de (im)possibilidades:

Vida após a morte


Ok, suponhamos que haja vida após a morte. E aí? Pra onde vai esse mundaréu de gente? Há lugar no paraíso cristão pra todo mundo? Vamos para planetas maiores? Cidades espirituais como Nosso Lar? Ou essa gente vai queimar eternamente no fogo do inferno?

Salvação


Hum, então tá, basta essa tropa se arrepender de seus pecados e tá todo mundo salvo. No paraíso, bonitinho, ao lado de leões e girafas. Tem que organizar direito isso aí...

Reencarnação


Ou de outra forma: Vamos supor que em vez de buscar a salvação no arrependimento, essa tropa toda vai ter que alcançar a evolução através das reencarnações sucessivas. Levando-se em conta que nossos destinos durante nossas encarnações são definidos com base em nossas ações passadas - o que se chama carma - eu só faço uma pergunta: Como é que "Deus" gerencia o carma dessa galera toda?

Ainda sobre evolução: Supondo que nós vivamos vidas sucessivas em busca da evolução. Então temos um Deus perfeito que cria seres imperfeitos que vão vivendo e superando problemas e mais problemas para se aperfeiçoarem, até alcançarem a evolução final.

Não teria sido mais fácil Deus ter criado todo mundo perfeito, então?

Enfim


Não me aprofundei muito nessas questões, apenas as tracejei aqui para expôr a realidade de que qualquer crença espiritual ou teológica que adotemos, encontra muito pouco fundamento para ser considerada uma visão lógica e coerente do que seria nosso próximo passo nessa inacreditável aventura que é nossa existência.

 

Ronaud Pereira

Publicado em www.ronaud.com/espiritualidade/a-maior-questao-existencial/