Minha Casa, Meu Palácio

Você não vai ter prazer com você e com as coisas todas que você tá se envolvendo, se você não tiver a curtição com O MELHOR.

Até onde você pode, sim. Não de causador, não é sacrifico, é (sentir o) prazer.

É alma, empolgação.

Dedicação.

Capricho.

Gozo.

Sabor.

A maneira que você toma seu banho, a maneira que você se veste, a maneira que você lida com as peças do seu banheiro.

A maneira que você sai do seu banheiro e ele tá até mais limpo do que quando você entrou. Porque você capricha até na disposição do seu perfume.

Porque a pratica do capricho é um culto.

Um culto ao melhor.

Pega seu tempo livre e vai limpar sua casa, vai arrumar (as coisas da) sua casa, vai pintar as paredes, vai fazer coisas pra melhorar.

Cultua o melhor, porque assim você vibra na faixa (superior) e quando você vê você tá vivendo o que vai vindo (de bom na sua vida).

E precisa cuidar com a vigilância pra não cair na tentação de você começar a se avacalhar.

Eu não falei pra você ter esperança, eu não falei pra você ter sonhos, eu falei pra você viver seu sonho agora, não com aquilo que virá, não com as coisas de fora, mas com você, aí dentro.

O que você está esperando?

***

Fala de Luiz Gasparetto, transcrito deste vídeo, aos 27:50 minutos. Os parênteses explicativos são meus.