Doente

Doente

Costumo defender bastante o capitalismo.

Embora digam que ele surgiu tal como o conhecemos há poucos séculos, enxergo que todas as sociedades, desde a pré-história, sempre se basearam sobre um capitalismo rudimentar, o qual providenciava a produção de itens básicos, como comida, roupa, moradia, ferramentas de trabalho, etc, e um comércio também rústico, baseado em trocas, que levava os itens necessários para as necessidades básicas das pessoas até onde elas estavam.

Porém, uma consequência doentia do capitalismo, a qual concordo ser abominável e que vejo como a origem das muitas injustiças que vemos por aí, é o tal do CONSUMISMO.

Percebo até que muitas vezes, criticam o capitalismo querendo criticar, na verdade, o esbanjamento e os excessos consumistas da nossa época. Mas são coisas distintas, embora próximas.

Acredito que o capitalismo se alimenta de nossas necessidades. O consumismo, da nossa ansiedade.

E do tédio que é existir.

O consumismo é um comportamento típico de sociedades formadas por indivíduos mal resolvidos.

Porque o problema não é ter, e sim, enganar-se a tal ponto sobre si mesmo, crendo ser necessário ter o que é perfeitamente dispensável.

Além de que precisamos de muito pouco para viver, também sabemos que o pouco de que precisamos não é material.

Imagens sobre o consumismo

Ao pesquisar uma imagem para este post, encontrei diversas outras imagens que poderiam muito bem ilustrá-lo.

Valores invertidos

Valores invertidos

Diga adeus ao consumismo

Diga adeus ao consumismo

Homem vitruviano consumista

Homem vitruviano consumista

Manipulação publicitária

Manipulação publicitária

O consumo te consome

O consumo te consome

Eu quero você COMPRANDO

Eu quero você COMPRANDO

Aprisionados

Aprisionados