Em dezembro passado, o colunista Stephen Kanitz, da Veja, escreveu este artigo. Lá, Kanitz faz uma análise e comparação entre o governo Lula e o governo FHC muito sucintas. Na ponta do lápis, é aquilo mesmo.

É inegável que muita coisa melhorou neste governo.

Mas também entendo mais ou menos o que o Eduardo Giannetti (este, inegavelmente um grande autor – leia uma resenha que fiz de seu livro Auto-Engano) quis dizer, quando citado no texto de Kanitz. Creio ser algo que todos sentem hora ou outra. Eu arriscaria dizer que nosso prosaico Zeca Pagodinho resume bem essa “percepção” com suas palavras: “Tá ruim, mas tá bom”. Ou seja, por mais que tanto tenha sido feito, todos sabemos que é insuficiente, que há MUITO, mas MUITO mesmo, por fazer e nesse sentido, o governo é ineficaz, lerdo. Parece que falta seriedade, comprometimento, mais ação e menos política(gem).

Resumindo: Quem olha pra trás, fica contente e satisfeito com o que foi alcançado no governo Lula. Mas pra quem olha para o futuro vai enxergar toda ordem de deficiências que precisam ser sanadas com urgência.

Por exemplo

Todos sabem que “o futuro” se constrói com educação, conhecimento, ciência e tecnologia. E cadê o INVESTIMENTO PESADO em ciência e tecnologia? O futuro chegou e continuamos um país mediano nesses quesitos. Ainda somos um país de commodities. Toda nossa tecnologia mais avançada é ainda, para desenvolver e otimizar a produção dessas commodities.

Ou seja, o Brasil ainda é vítima de uma legislação – e visão política – arcaica que permite o clientelismo explícito ser exercido em todas as casas legislativas do país. Dessa forma, os governantes continuam governando para si e para quem os financia.

E não para o povo, nem para o futuro.

E também, agora mesmo, vi no fantástico que há uma lei esperando a DEZENOVE ANOS para ser votada no congresso. A lei diz respeito a criação de uma política pública de resíduos sólidos, resumindo, para que o país avance na questão da reciclagem e sustentabilidade. Mas veja bem, são DEZENOVE ANOS e o que os 500 e poucos deputados tem feito naquela maldita casa legislativa esse tempo todo?

Cuidando de seus próprios interesses, é lógico…

Alguém aí discorda?

Se você costuma se informar minimamente certamente se lembra de outros projetos de lei super importantes para a população que seguem engavetados. Eu lembro de um: Reforma política, a qual colocaria este país finalmente nos eixos (ou mais próximo disso).

Bom, tire suas conclusões! Mas pense bem:

DEZENOVE ANOS

Atualização 14/03/2010 – Acabei de ver aqui que a tal lei aqui lembrada foi votada na Câmara e segue para o Senado.

Enfim!!!