O pessoal tem uma dificuldade

O pessoal tem uma dificuldade

Tá faltando, me dá mais

Quando você gasta mais do que ganha, vai ficar endividado.

Então o que você faz: Cobra mais dinheiro do seu patrão, ou reduz seus gastos e tenta se adequar a realidade?

Pois bem.

O governo brasileiro, em vez de reduzir seus gastos, cobra mais dinheiro do patrão, o povo.

Show me the money

Pessoas com tendências voltadas à Esquerda, socialistas, etc têm uma dificuldade particular com dinheiro. Adoram dinheiro, mas não entendem como ele é gerado.

Por isso boa parte são funcionários públicos, não se criam no meio empresarial (lembrando que nossa presidente quebrou uma loja de 1,99 na década de 90). Ou você conhece algum empresário de Esquerda? No funcionalismo, o salarinho deles tá lá, todo mês, bonitinho. E aqueles mais inescrupulosos conseguem muito mais que um salário, apenas se manobrando por dentro de leis, regras e brechas. É um dinheiro que brota sem parar. E aqui entra a questão do corrupto, que como o bandido, não tem a dimensão (se tem, ignora) de que aquele dinheiro teve uma origem (impostos pagos pela sociedade) e tem um destino (voltar na forma de benefícios para esta mesma sociedade).

É um dinheiro que foi gerado no meio empresarial, na indústria, com o suor do trabalhador, e com a garra dos empresários, que são demonizados como pessoas obcecadas pelo lucro. Já fui empresário de uma empresa familiar por um ano e meio APENAS e não aguentei, mas aprendi a reconhecer que todo empresário é um guerreiro e merecia mais reconhecimento das esferas intelectuais, cujo salário quase sempre vem do governo, cujo orçamento vem dos impostos, que são pagos pelo povo.

Porque é ele que sustenta o circo todo.

Fracasso na política econômica

Quem votou na Dilma, votou essencialmente pela manutenção dos benefícios sociais. Bolsa afamilia, prouni, fies, minha casa minha vida etc

Ok, eu também sou a favor disso tudo, é uma forma de redistribuir riqueza e tal e tornar a sociedade mais igualitária. Por isso votei no PT em várias ocasiões.

Mas isso tem limite, não dá pra atender as necessidades sociais de uma população de 200 milhões a contento.

Não dá? Claro que dá, desde que se tenha dinheiro.

E dinheiro se consegue fomentando a economia do país. Quanto mais a economia gira, mais o governo arrecada, e mais ele redistribui. O governo Dilma, em vez de fomentar, minou a economia do país.

E só por isso não votei nela. A nossa presidente não conseguiu conduzir a economia com sucesso.

Piada

O Gregório Duvivier disse em entrevista a um programa português que a Dilma vai cair porque ela é menos conivente com a corrupção (hahaha). O Duvivier, como analista político continua sendo um ótimo humorista.

SE a Dilma cair, será pelo fracasso econômico, que daí sim atinge toda a população, e não por questões de corrupção.

O povo esperneia contra a corrupção, mas não tá muito aí com a corrupção.

Austeridade? Não quero

Na verdade, tirando a questão do aumento de alguns impostos, o governo tá fazendo o que deve ser feito, adotando medidas austeras. Isto é, se adequando à realidade, cortando inclusive alguns benefícios sociais.

E muitos esquerdistas acham o horror essas medidas. São CONTRA medidas de austeridade. E eu me pergunto, o que é que eles querem? Que o governo continue gastando, e gastando, até quebrar como a Grécia?

Percebe-se aqui aquela relação causal explícita: A galera escolhe a área de humanas porque não tem matemática. Depois adere a ideologias socialistas que dispensam qualquer base econômica lógica.

Parece doença, mas é só limitação cognitiva mesmo.