O texto de ontem me fez lembrar de outra observação em relação a como as pessoas podem ser enganadas por não conhecerem a fundo o que estão comprando.

Esta observação atinge as mulheres e diz respeito aos inúmeros tratamentos de beleza, envolvendo uma variedade cada vez maior de princípios ativos. Os tratamentos rejuvenescedores me parecem os piores. Atentei para esta situação ao ver uma reportagem na televisão na qual médicos e os tão temidos “especialistas” (você não tem medo de especialistas? Eu tenho!) oferecem as mais variadas formas e princípios ativos para as pessoas, em sua maioria mulheres, que buscam o rejuvenescimento da pele do rosto.

"Seus pobrema se acabaram-se": balinhas de colágeno

“Seus pobrema se acabaram-se”: balinhas de colágeno

Certamente você já ouviu falar em radicais livres, colágeno, betacaroteno, queratina, não? Deve até saber que os radicais livres são os vilões da história, enquanto o colágeno é o bom mocinho, junto a seus inseparáveis amigos do bem, o betacaroteno e a queratina, aqueles que deixam a sua pele jovem para sempre, mas que vivem sendo atacados e extinguidos pelos radicais livres.

Pois é! Tratamentos que prometem repôr o colágeno pululam nas clínicas e a forma como são divulgados beira a dramatização barata que fiz aqui.

Mas vem cá! Você já os viu? Estudou um pouco que seja como funciona essa história toda, qual é o mecanismo de ação tanto do colágeno quanto dos radicais livres, para se submeter a esses tratamentos misteriosos que prometem milagres? Dá muito trabalho né! Mais fácil é arriscar a pele do seu rosto por um dinheiro qualquer e ver no que dá! Que coragem!

"É preciso combater os vilões"

“É preciso combater os vilões”

Como homem, ainda jovem, naturalmente não anseio por esses tipos de tratamento. Mas nem por isso deixo de desconfiar. Já ouvi falar em tratamentos com argila, óleos, cremes, injeções, lasers, ácidos e muitos outros termos os quais não lembro. Pra mim a chance de serem uma pura enganação é GRANDE.

Se quer evitar o envelhecimento, ou melhor, retardá-lo, porque evitar o envelhecimento, convenhamos, é impossível, você deve lembrar que o SOL é o grande inimigo, sempre! Deve não só usar fotoproteção, como fugir do sol como o diabo foge da cruz. Banho de sol só demanhazinha e no fim da tarde (ou quando o frio estiver demais). Vivemos numa cultura que considera bonito passar horas na praia sob o sol e sair de lá verdadeiramente torrados. Por aqui considera-se bonita uma pele bronzeada. Já as chinesesas consideram este hábito horroroso e não saem de casa sem a sua sombrinha, nos dias de sol forte. Estão certíssimas!

Particularmente, não tenho nada contra peles branquinhas. Gente muito bronzeada me soa artificial e esquisito. Penso que devemos ser fieis à nossa natureza. Se nascemos brancos, morenos, negros, etc, devemos seguir o mais naturalmente possível, sem partir para métodos artificiais e quase sempre degradantes para mudar nossa natureza fundamental. Michael Jackson que o diga.

Outro item essencial para quem pretende retardar o envelhecimento – não é novidade para ninguém – é a boa alimentação. Jamais deixe de ingerir água, legumes e frutas. Sempre, sempre, sempre! Aqui em casa, adotamos um hábito muito bom para melhorarmos o nível de nutrição das refeições, sem deixar de comer aquelas comidinhas boas: Costumamos estar sempre preparando brócolis ou couve refogados com azeite de oliva, o que complementa toda e qualquer refeição, e ainda, principalmente, nos acostumamos a picar alho ou cenoura no arroz, enquanto este cozinha. E também abóbora, além do alho, cebola e cenoura no feijão, ou na “carne de panela”, enquanto estes cozinham. Nutritivo e absolutamente prático.

Segundo ouve-se muito, o estresse também produz os diabólicos radicais livres em nosso organismo. Você pode procurar algumas maneiras de livrar-se dele. Esportes, caminhadas, ioga, meditação, uma vida mais simples, enfim, ajudam a diminuir os níveis de estresse diário.

Voltando ao tema dos tratamentos, sugiro que não acredite em tudo que lhe ofereçam sem antes “dar uma boa estudada” sobre o tema em fontes confiáveis, para ver se o tratamento oferece um mínimo de lógica também ;-) Não esqueça que todas essas “novidades” apresentadas em encontros e simpósios da área de estética, muito antes de lhe oferecer rejuvenescimento fácil, rápido e sem esforço, visam serem vendidas, enfim, dar lucro a quem os criou.

Texto de 16 de julho de 2010.