Achei essa frase por acaso:

“A coragem vem de se querer fazer. A segurança vem de saber que se pode fazer. A confiança vem de se ter feito.”

Bonitinha, não? Mas pare e perceba que ela não diz nada. Basta embaralhar os substantivos e ela continua sendo uma frase bonitinha que não diz nada. Veja:

“A confiança vem de se querer fazer. A coragem vem de saber que se pode fazer. A segurança vem de se ter feito.”

ou

“A segurança vem de se querer fazer. A confiança vem de saber que se pode fazer. A coragem vem de se ter feito.”

ou ainda

“A coragem vem de se querer fazer. A confiança vem de saber que se pode fazer. A segurança vem de se ter feito.”

Veja que todas fazem sentido, porque na verdade, coragem, segurança e confiança são posturas muito semelhantes entre si e querem dizer praticamente a mesma coisa: uma postura firme e determinada.

O autor gosta de falar bonito, só resta ter noção do que está falando ;)