As Consolações da Filosofia

As Consolações da Filosofia

Resenha divulgada

Por meio das idéias de seis filósofos: Sócrates, Epicuro, Sêneca, Montaigne, Schopenhauer e Nietzsche, Botton mostra através do livro As Consolações da Filosofia como a filosofia pode servir de consolo para muitas mazelas humanas. São textos curtos, espirituosos e ilustrados que parodiam os manuais de auto-ajuda de forma instigante e divertida.

  • Editora: Rocco
  • Autor: ALAIN DE BOTTON
  • ISBN: 8532513166
  • Ano: 2001
  • Edição: 1
  • Número de páginas: 288
  • Acabamento: Brochura
  • Formato: Médio

Minha opinião sobre o livro As Consolações da Filosofia

Estou absolutamente surpreendido e contente com a leitura de As Consolações da Filosofia. Sóbria e interessantíssima. A começar pela feliz postura do autor, muito conhecido atualmente por sua intenção de popularizar a filosofia, fazendo com que ela deixe de se restringir a um grupo pequeno, supostamente privilegiado intelectualmente. Para tal, se baseia numa idéia de Epicuro:

Qualquer argumentação filosófica que não tenha como preocupação principal abordar terapeuticamente o sofrimento humano é inútil; Assim como a medicina não traz benefícios se não liberta dos males do corpo, o mesmo sucede com a filosofia, se não liberta das paixões da alma.

Com esse argumento, muito razoável, As Consolações da Filosofia me ajudou a rever minha até então precária idéia de filosofia. A via como o estudo do PENSAMENTO humano, ao passo que via na psicoterapia o estudo do COMPORTAMENTO humano. Mas bem no fim, dá tudo na mesma. O que todo mundo quer é ser feliz e viver bem – salvo certas excessões que não devam talvez ser levadas em consideração.

Cada um se dá melhor com determinadas abordagens em relação a si, à vida e ao mundo. Uns conduzem-se com base em práticas espirituais, outros com base em credos religiosos, outros com base em idéias filosóficas, outros ainda com base em sugestões pessoais de conselheiros, psicoterapeutas e outros gurus, e por aí vai. Cada um opta pela fonte de informação com a qual melhor se identifica e… a vida segue. Com essa forma de entender o mundo eu procuro adotar uma postura de aceitação e entendimento. Toda forma de divulgação de informações sobre a conduta pessoal de cada pessoa é válida e funciona dentro do que se propõe, fazendo algum sentido.

O próprio título desta excelente  obra, As Consolações da Filosofia, coloca a filosofia como consoladora, assim como o são as religiões, a espiritualidade, os psicólogos :) , etc.

Dessa forma, o autor selecionou seis de vários grandes filósofos e utilizou seus sistemas de idéias como sugestão para problemas comuns a todos.

Para a IMPOPULARIDADE, Sócrates e sua autoconfiança.
Para a falta de DINHEIRO, Epicuro e sua sóbria moderação.
Para a FRUSTRAÇÃO, a impassibilidade de Sêneca.
Para a INADEQUAÇÃO, o pragmatismo de Montaigne.
Para CORAÇÕES PARTIDOS, o pessimista Schopenhauer
E por fim, para as DIFICULDADES, outro pessimista, Nietzsche.

Me identifiquei enormemente com as idéias práticas e coerentes de Montaigne. De Schopenhauer e Nietzsche dei risadas, tamanho era o pessimismo de ambos.

Conclui a leitura com aquela receita definitiva para quaisquer problemas típicos de nós, seres humanos: O EQUILÍBRIO.

Comprar livro As Consolações Da Filosofia

Escolha a livraria de sua preferência: -> Saraiva -> Cultura -> Folha

As Consolações da Filosofia

As Consolações da Filosofia