As Vidas De Chico Xavier

As Vidas De Chico Xavier

Resenha divulgada

Chico Xavier sempre viveu no limite. Com um pé na terra e outro no além, ele fechou os olhos e pôs no papel poemas, crônicas e recados assinados por mortos ilustres e anônimos. Resultado: quase 400 livros psicografados e muita polêmica. Para milhões de brasileiros, o médium mineiro é um santo, a ponte mais confiável até o outro mundo, a prova de que a morte não existe. Para outros tantos, é um personagem exótico.

O mesmo Chico Xavier capaz de provocar desmaios entre seus adoradores, já foi processado, esbofeteado e insultado com adjetivos como demagogo e exibionista. O mesmo Chico Xavier indicado para o Prêmio Nobel da Paz, foi alvo de veneno, faca, revólver, menosprezado pela chamada intelligentsia nacional e adulado por poderosos de plantão, ele sobreviveu. Virou Mito. E As Vidas de Chico Xavier traz em detalhes esta intrigante história pra você.

  • Editora: Planeta do Brasil
  • Autor: MARCEL SOUTO MAIOR
  • Ano: 2003
  • Número de páginas: 270
  • Acabamento: Brochura
  • Formato: Médio

Reflexão e opinião sobre o livro As Vidas de Chico Xavier

Dias atrás comentei minha compra deste box com três livros de Marcel Souto Maior sobre o médium Chico Xavier e sua inacreditável mediunidade.

Terminei agora a pouco a leitura do primeiro e principal deles – a biografia de Chico Xavier intitulada As Vidas de Chico Xavier. E estou absolutamente surpreso com tudo que encontrei. Primeiramente devo comentar minha estranheza diante de um livro que foi lançado ainda em 2003 e que só agora ouvi falar, apesar de meu amplo interesse pelo tema. E mesmo tendo conhecido-o há algumas semanas, não dei muita atenção (cabeção) e só decidi pela leitura após assistir à uma entrevista com o autor.

A trajetória de Chico Xavier foi espantosa. Tamanha abnegação, renúncia e resignação às coisas do mundo só ouvi falar em relação a grandes personalidades cristãs. Durante a leitura, você simplesmente não acredita que alguém conseguiu se dedicar com tamanha intensidade a uma causa, no caso de Chico, à divulgação da doutrina espírita.

Me chamou muita atenção o modo como o guia espiritual do médium o tratava diante de suas dificuldades. Sempre de forma insensível, sem dó, implacável, desumana. Chegamos a sentir repulsa por Emmanuel em alguns trechos da biografia.

E tão surpreendente quanto a irredutibilidade de seu guia, era a absoluta resignação e humildade com a qual Chico o acatava. Da mesma forma, chegamos ao ponto de torcer para que Chico se rebelasse contra o seu guia, apesar de o livro não ser um romance, e sim um retrato muito bem descrito da trajetória de Chico Xavier através de uma narrativa inteligente e muito bem cadenciada. Ainda a respeito da humilhação que Chico recebia de todos os lados, devo dizer que durante a leitura me peguei com a seguinte conclusão: “Se isso for evolução, então não faço a menor questão de evoluir”. O conceito de que evolução espiritual se alcança com proporcional humilhação não entra na minha cabeça :(

Sobretudo, o que mais me empolgou em As Vidas de Chico Xavier, foram os infindáveis exemplos de manifestações metafísicas totalmente inexplicáveis pelos também infindáveis céticos que se aproximavam do médium para desmascará-lo, sempre sem sucesso. Embora possa parecer ingenuidade da minha parte, não me resta mais qualquer dúvida a respeito da veracidade das manifestações mediúnicas de Chico Xavier e possivelmente de outros médiuns sérios.

Em relação aos céticos que duvidam de tais manifestações mesmo a despeito do vasto material produzido por Chico Xavier ( e muitas vezes sem nem mesmo estudar a respeito, numa típica negação de fuga ) acontece uma situação engraçada: Ninguém pode negar que Chico, no caso, foi uma pessoa abnegada, caridosa, desprendida de quaisquer valores materiais. Então no ímpeto de jamais aceitar a realidade das manifestações metafísicas, se saem com conclusões mais ou menos assim: “Ele era um embusteiro… caridoso, generoso, um verdadeiro cristão… mas embusteiro”. Da mesma forma como julgaram o famoso médium americano James Van Praagh como o “gênio da leitura fria”, ou seja, para céticos, as evidências podem ser as mais contundentes possíveis, mas sempre vão avaliar o sujeito como um mestre na arte de produzir evidências contundentes ;-)

Aprendi com o necessário distanciamento jornalístico do autor Marcel Souto Maior que o charlatanismo é muito frequente nesse meio, e também com a abertura e fidelidade com a qual ele reproduziu a fantástica jornada do médium que também existem gente muito séria no mesmo meio espiritualista.

Comprar livro As Vidas de Chico Xavier

Escolha a livraria de sua preferência: -> Saraiva – > Cultura -> Folha -> Travessa

As Vidas De Chico Xavier

As Vidas De Chico Xavier