Delta de Vênus

Delta de Vênus

Inspirado pelas críticas ao 50 Tons de Cinza, decidi ler O Delta de Vênus, da Anaïs Nin, um renomado clássico da literatura erótica, o qual já havia ouvido falar há anos e anos e só agora me empenhei em obter.

A escrita realmente é mais rica, e a maioria dos relatos são ambientados na Paris do início do século XX, o que lhes conferem todo um glamour peculiarmente francês.

Mas a verdade bem verdadeira é que o livro mais parece uma série de relatos demonstrando até onde a perversão humana chega. São histórias que mais impressionam do que excitam.

Concluí que eu realmente não sei mais o que poderia ser uma fronteira entre o saudável e o patológico quando o assunto é formas de se alcançar a excitação sensorial e psicológica.

A impressão que dá é que tem gente que vai longe demais e fico me questionando o porquê de tanto empenho.

Traumas, doença, depravação?

E quem teria autoridade pra esclarecer isso?

Comprar o livro Delta de Vênus

Escolha a livraria de sua preferência: -> Saraiva -> Cultura -> Folha

Delta de Vênus

Delta de Vênus