Mais um vídeo interessante, em especial aos jovens que ainda não sabem o que fazer da vida.

Acho interessante para refletir, mas SINCERAMENTE, não acho que as pessoas devam se dar ao luxo de não considerar a extrema importância atual do dinheiro, em suas escolhas profissionais; principalmente se a escolha do indivíduo for para o campo das artes. É bom que saibam que sair por aí oferecendo sua arte sem qualquer garantia mínima de algum ganho para subsistência, não é pra qualquer um. Pode dar muito certo, como pode dar muito errado.

Ainda acho que o mais prudente é conciliar uma atividade minimamente interessante que ofereça uma renda minimamente digna.

Já escrevi sobrei isso aqui: E se você fosse LIVRE? e aqui: A vida é feita de tempo