Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.
Mateus 7: 13- 14

Respeito muito todo tipo de postura espiritual e de escolha religiosa muito embora discorde de praticamente todas :) Porém sei que todos tem suas razões para suas escolhas.

E se é algo que não me desperta o menor interesse é a idéia de converter alguém ao meu modo de pensar. Acredito que boas idéias convencem por si mesmas. Porém me parece impossível conviver normalmente com uma parcela de evangélicos. Me parece impossível conviver com uma parcela deles sem que, de alguma forma, não façam você sentir que está indo no caminho errado, por não estar frequentando uma igreja e pensando da mesma forma que eles.

Religiosos de mente aberta são raros porque são uma contradição em si. Para seguir um sistema religioso como o cristão, o sujeito deve fechar-se às outras idéias e visões de mundo. Porque se mantiverem-se abertos à idéias de fora da igreja, na primeira dificuldade enfrentada, atribuirão inevitavelmente o surgimento dessa dificuldade ao desvio do caminho de Deus.

É uma questão de fé, mesmo. E tem o problema da tentação. As idéias de fora da igreja podem ser tentadoramente atraentes. Já que não há nada melhor para excitar a inteligência do que uma idéia saborosamente transgressora. Então é melhor afastar o cálice.

Mas no fundo, eu tenho mesmo é dó de quem se deixa aprisionar pelo pensamento corrente dentro das igrejas. Elas te forçam a ser fiel a uma idéia (que chamam de Deus) através do medo. O insondável sempre permite uma resposta perfeita: Se as coisas vão bem na sua vida, são as bençãos de Deus. Se as coisas vão mal, é porque Deus está enviando provações para “testar” a sua fé. Apanhe e engula o choro.

Mas aí é que a coisa pega. Independente de você frequentar uma igreja ou não, independente até mesmo de você ser uma pessoa espiritualizada, ou não, TODOS TEM PROBLEMAS. E para as coisas darem errado, COM QUALQUER UM DE NÓS, não custa nada. E veja que até o bandido mais bandido tem seus dias em que tudo lhe favorece.

O problema é quando as coisas dão errado na vida de um crente. Inevitavelmente ele olhará para o céu e ficará se perguntando para qual dos seus erros pecados veio aquele castigo. São tantos… Tudo é castigo para eles, porque tudo é pecado e vivem à espera do perdão de Deus e da salvação.

E lembrando que mesmo para aqueles mais íntegros, se as coisas lhes correrem mal, tudo bem, já não será mais um castigo, e sim uma provação.

Realmente tem que ter muita fé para seguir esse estilo de vida.