Anota aí

Anota aí

Segue abaixo uma lista de comportamentos alheios absurdos, que há anos venho observando lá e cá, mas na maioria das vezes sempre me segurei, afinal ficar dando pitaco na vida dos outros sem ser solicitado não é lá uma ação agradável, muito menos bem vinda. Todo mundo acha que está certo, não é? O sujeito joga lixo na rua, você olha com reprovação, e o que ele diria? “Ué, pra que que tem gari?” Poizé :(

Mas está aí. Se você concorda, discorda ou tem algo mais para acrescentar, use o campo dos comentários para acrescentar sua opinião.

1- Jamais jogue lixo no chão das ruas das cidades. Não é porque um plástico leva “trocentos” anos pra se decompor, isso não interessa a nós, porque daqui algumas décadas não estaremos mais aqui e lá no fundo não estamos tão preocupados assim em deixar um mundo “habitável” para os nossos descendentes. É por que é feio, é sem sentido, você está enfeiando o seu lugar. Se não houver lixeiras, guarde no bolso e jogue no lixo de casa.

2 – Você mora numa casa? Se sim, você já varreu sua calçada? Não interessa que você paga imposto e isso é serviço da Prefeitura. É a SUA CALÇADA, vá lá , dê uma varrida de vez em quando, arranque o mato dos cantos do muro. Ajunte os lixos do seu terreno. Seja caprichoso com o seu lar e dê a sua parte para tornar a sua cidade mais bonita. Ah se todos cuidassem de seus lares, não seria o mundo mais belo?

3 – Você teve vários namorados(as)? Então jamais fique falando de seus casinhos e aventurinhas passadas com o seu par atual. Isso é sem graça e é coisa de quem precisa contar vantagem para se sentir bem. Faça o seu par atual se sentir como se fosse o único da sua vida. A não ser que você realmente queira machucar a outra pessoa. Pode acontecer, oras. Lembre-se de Oscar Wilde: “Um homem bem-educado jamais fere os sentimentos das outras pessoas… sem querer”.

4 – Você fala demais? Só se importa consigo mesmo? Tudo bem isso é normal. A pessoa mais importante para nós (normalmente) somos nós mesmos. Sabe qual a palavra mais falada ao telefone? “Eu”. Mas em qualquer conversa e lugar, seja razoável, escute o que o outro tem pra falar. Sabe o que é mais escasso no mundo? Alimentos? Não, ATENÇÃO HUMANA!

5 – Expressões como: Por favor, Por gentileza, Obrigado, Foi um prazer vê-lo, são belas expressões e expressam uma energia muito boa. De vez em quando me deparo com certas almas iluminadas de uma educação e gentileza sem igual, que marcam positivamente o resto do meu dia.

6 – Água. Um dos bens mais preciosos do mundo. Há quem ainda pense que a torneira é um gerador infinito de água e que o ralo é um desintegrador. Não minha gente. Água é um recurso limitado, e mesmo que não fosse, pra quê esbanjar? Portanto, use racionalmente. Lembra que eu sugeri que você limpe sua calçada, ali em cima? Então, eu falei pra varrer e não pra ir empurrando a sujeira com a água.

7 – Moedas não são para dar sentido à vida de gavetas e cofrinhos. Moedas devem estar circulando na economia e facilitando o troco (e a vida) dos comerciantes. Se você quer poupar, a recomendação sensata é que você guarde 10% dos seus rendimentos. Ficar guardando moedinha só se for pra ensinar seu filho a poupar.

8 – Fila é pra ser respeitada. Filas são um dos instrumentos para organizar o funcionamento das instituições. Chegar com aquele ar de quem não sabe de nada, com aquela cara de pau e ir se enfiando como quem não quer nada lá na frente é feio, deselegante e um despespeito aos seus semelhantes.

9 – Essa aqui é uma opinião muito minha: Se você está na idade que lhe garante o direito de ir direto ao início da fila em bancos e lotéricas, pense melhor: Se você é aposentado e está bem de saúde, espere na fila também. Os mais jovens estão trabalhando e pagando os impostos que pagam a sua aposentadoria assim como você pagou com seu trabalho a aposentadoria dos idosos da época de sua juventude. Facilite a vida dos jovens de hoje, eles estão correndo atrás da máquina e o tempo é precioso. Você já fez a sua parte, tem mais tempo, e pode continuar fazendo a sua parte entendendo a situação alheia com sabedoria e consciência. Lembre-se que fizeram essa lei da preferência aos idosos, gestantes e deficientes não pela dificuldade que essas pessoas podem eventualmente passar, mas principalmente para reduzir a probabilidade dessas pessoas passarem mal dentro dos estabelecimentos e criarem incomodação e prejuízo aos mesmos.

10 – Pense bem antes de chamar seu ex-patrão ao ministério do trabalho. Perceba que quando você estava precisando de trabalho, ele confiou em você e te deu uma oportunidade. Ser patrão num país como este, está longe de ser moleza. A não ser quando a sacanagem tá na cara (há patrões e patrões) no fundo, ninguém deve nada pra ninguém. Querer ganhar alguns trocados se apoiando em “direitos” pode não valer a pena. O melhor é termos reputação e portas abertas onde quer que vamos. Poder andar de cabeça erguida não tem preço.

11 – Quando escrever uma mensagem, seja um email, seja um bilhete, faça aquela forcinha e escreva minimamente bem. Não digo para escrever difícil e mostra falsa erudição. Digo para caprichar na mensagem. Assim como nossa voz é nossa alma em sopro, também nossa escrita mostra muito do que somos. Uma mensagem mal escrita passa uma PÉSSIMA impressão (uma coisa são errinhos casuais, outra é falta de capricho e consideração com quem vai ler). Isso também vale para médicos na escrita manual. Não é porque se tem um diploma de médico que se tem subterfúlgio para escrever em hieróglifo, muito pelo contrário. Falta de clareza não se justifica em nenhuma circunstância honesta.