Na dúvida, duvide!

Na dúvida, duvide!

Se eu pudesse fazer com que você aprendesse uma única lição de vida, seria esta:

Não acredite em NADA que lê ou ouve, mesmo que seja dito por gente importante, ou PRINCIPALMENTE se for dito por gente importante. Se estiver de terno e gravata então, alerta máximo!!!

Faça como Einstein e concentre-se em conhecer; não concentre-se em ACREDITAR. Mesmo que tenha dado certo pra outro, não quer dizer que seja o seu caminho e que vai dar certo pra você.

Quando você acredita em qualquer coisa que lhe digam e já muda seu comportamento com base na nova crença, você está agindo como parte do rebanho. E o rebanho é sempre manipulado por gente que você não conhece direito, e que tem interesses próprios, interesses que por mais bem intencionados que pareçam, podem estar simplesmente equivocados; O inferno está cheio de boas intenções… Fazer parte do rebanho pode até dar segurança, mas nunca vai permitir com que você se destaque e enxergue mais longe.

E no final, eu sei e você sabe que o rebanho é sempre conduzido para o abate.

Só acredite em algo depois que tiver pensado bastante a respeito; depois que tiver analisado, ponderado, comparado, experimentado, e olhe lá… Juro pra você que pensar não dói.

Na dúvida, não acredite!

Melhor: já que você gosta de acreditar, já que seu impulso por acreditar é mais forte que você, então deixe para acreditar em seus sonhos. Nesses sim, não me importaria se você mergulhasse de cabeça.