Eu que mando nessa p.

Eu que mando nessa p.

Um interessante trecho de Contardo Calligaris sobre o excesso de atenções que as crianças vêm recebendo na sociedade brasileira.

O ponto em que os homens e as mulheres brasileiros estão mais atrasados é a sua relação com as crianças. No Brasil, a infantolatria é um negócio bizarro, sobretudo para um europeu de origem como eu (Contardo nasceu em Milão). Fico impressionado com a centralidade das crianças nas fantasias e nos desejos de uma família brasileira, sua relação com os filhos, os gastos totalmente desproporcionais em relação ao que se ganha, sem esquecer o quanto se deixa em segundo plano a relação entre homem e mulher em detrimento do filho. Por essa razão, a separação de casais é mais frequente depois do nascimento de um filho. As pessoas acham que fazer um filho fortalece o casamento, mas em geral essa é uma das principais razões da separação.

Fonte