Classe dominante é um termo utilizado para designar a classe social que controla o processo econômico e político.

Será que é assim?

Será que é assim?

Uma das coias mais ingênuas no debate político é acreditar que há uma classe dominante, ou azelitedozóioazul, que sabotam o povo para este permanecer na miséria.

Primeiro, porque o povo não precisa ser sabotado. Ele tropeça sozinho na própria ignorância.

Segundo, chega a ser ridículo, e só acredita nisso quem nunca trabalhou em indústria, comércio ou coisa do tipo, ou quem ainda vê o mundo segundo um prisma medieval onde havia nobreza e a plebe.

Porque as classes dominantes contemporâneas, se querem uma coisa, é PODER, assim como as classes dominantes medievais. Mas na Idade Média o poder era obtido através do uso da força com domínio de terras e suas riquezas. Atualmente, as classes dominantes são capitalistas, e o poder que almejam se consegue com dinheiro. Muito dinheiro.

As classes dominantes, se existem**, querem MOOOOOINTO dinheiro, muito, muito mesmo. Se pudessem usariam notas de dinheiro como guardanapo (até pensei em outro exemplo, mas…)

E a classe dominante, ora veja, só consegue esse dinheiro produzindo e vendendo.

E pra vender, tem que ter gente com dinheiro pra comprar.

O miserável coitado que não pode comprar nem arroz e feijão simplesmente não interessa ser mantido assim.

A classe dominante quer que esse cara trabalhe e consuma seus produtos. A ela não interessa uma massa de miseráveis ou pobres de pouco poder aquisitivo. Quanto maior o poder aquisitivo das massas, melhor para as elites.

(Inclusive a abolição da escravatura se deu por esse motivo, os industriais ingleses queriam que os escravos passassem a receber salários para poderem consumir. Não foi por bondade ou humanidade (talvez um pouco) mas foi sobretudo por interesses econômicos)

Diziam que as elites não querem ver pobre voando de avião.

Poha mano, que bosta de argumento. As elites são donas das companhias aéreas, e também das empresas que fabricam aviões. São as mais interessadas em ver mais e mais gente voando. Se tiver demanda ela compraria mais um milhão de aviões pra pôr todo mundo pra voar.

As classes dominantes não são boazinhas, talvez nem muito humanas, mas também não são bobas.

** Pensar no modo luta de classes me causa mal-estar.