O mundo precisa dessa folha

O mundo precisa dessa folha

Um rapaz no twitter estava comentando que algumas pessoas que na verdade são preguiçosas, ficam se justificando que têm Transtorno do Déficit de Atenção.

Não acho que seja uma justificativa, é apenas uma realidade. Se essas pessoas tivessem de fato a habilidade / capacidade de concentrar a própria atenção em algo produtivo, como a maioria, não seriam preguiçosas.

Não estou dizendo que todo sujeito com TDA seja preguiçoso, e sim que a preguiça é um tipo de dificuldade de ordem mental. Acredito que, de modo geral, a preguiça tem mais a ver com desmotivação, do que com má-vontade. O sujeito tem dificuldade de acreditar que valha a pena se esforçar para produzir / construir algo. E quando está numa situação de pressão no trabalho, beira o colapso mental. Não possui estrutura psíquica para suportar a carga emocional exigida pelo início, continuação e término de uma atividade específica.

Se você é, ou tem um amigo ou parente, muito vagabundo, considere a possibilidade de que você, ou ele, tenha alguma dificuldade psicológica.

Talento significa uma enorme paciência. Gustave Flaubert

Por outro lado

Acho que todos nós temos alguns assuntos ou áreas da vida para os quais temos A MAIOR PREGUIÇA DO MUNDO. Eu por exemplo, tenho sentido essa preguiça imbatível para assuntos técnicos. Quando adolescente, adorava instalar luminárias, chuveiros, consertar eletrodomésticos. Cheguei até a fazer a instalação elétrica de alguns imóveis.

Hoje, se preciso trocar uma lâmpada, já sinto aquele desânimo percorrendo a alma (ui) ;)

Porém tenho tido cada vez mais interesse para estudar, pesquisar, escrever. Ficaria o dia inteiro fazendo isso, se pudesse, e espero que esses dias cheguem logo.

Então de repente, o que acontece com você, ou com aquele seu parente preguiçoso, é o seguinte: não é que você, ou ele, é vagabundo, é que simplesmente não encontrou ainda uma atividade que lhe desperte aquela motivação legal e a sensação de se estar fazendo algo de valor.

O melhor caminho é ir mesmo experimentando as atividades que vierem surgindo até encontrar alguma que lhe desperte aquela paixão e motivação invencíveis.

Vai ver, sua missão de vida é encontrar uma missão.