Será que eu caso? Ou compro uma bicicleta?

Será que eu caso? Ou compro uma bicicleta?

Bertrand Russell, um grande filósofo do século passado, muito influente, afirmou certa vez:

O grande problema do mundo é que os estúpidos estão sempre convencidos, enquanto as pessoas inteligentes estão sempre cobertas de dúvidas.

Muito sábia sua obervação. Os estúpidos vivem tão certos de suas ideias e visões, que mesmo apesar de equivocadas ou ultrapassadas, são capazes alcançar o êxito e a fortuna. Enquanto as pessoas inteligentes, que tanto poderiam criar e construir para a melhoria significativa da sociedade, estão tão atoladas nas dúvidas que mal conseguem dar um passo adiante.

Dessa observação só podemos tirar, mais uma vez, uma conclusão que me soa universal:

Equilíbrio

Acreditar fortemente em si pode nos levar longe, porém em caminhos indesejados ou estéreis. Duvidar de tudo nos deixa indecisos e desmotivados a seguir adiante. Nenhum indeciso é conhecido por grandiosos feitos.

Precisamos confiar, para podermos parar de gastar nossa energia questionando, e aplicá-la no trabalho criativo que resultará em inovação, melhoria, construção.

Ignorância, com mais freqüência do que o conhecimento, gera confiança. Efeito Dunning-Kruger

Texto de 10 de fevereiro de 2010.