Trocando uns emails com um leitor que chegou à conclusão que vinha adotando uma postura muito passiva diante de sua vida, me ocorreu o seguinte:

Assistir Televisão, um meio infalível de NÃO construir um futuro melhor para você

Assistir Televisão, um meio infalível de NÃO construir um futuro melhor para você

O problema é que nós somos o tempo todo bombardeados por mensagens passivistas e de medo, e como alguns de nós (eu me coloco nesse grupo) temos tendências crédulas e comodistas, acabamos acatando facilmente à qualquer orientação que vise podar nossas ações. Ninguém admitiria :) mas bem no íntimo pensamos assim: “QUE ÓTIMO que alguém disse que não pode, assim não preciso nem tentar, nem me esforçar…”

…e nem descobrir o prazer de construir algo novo, de descobrir as maravilhas da vida e de arriscar crescer e se tornar mais forte e verdadeiramente livre, independente e dono de si :(

Tudo começa com nossos pais, que queriam que ficássemos quietinhos para não “incomodarmos”. Depois vieram os professores que precisavam que ficássemos quietinhos, sentadinhos, bonitinhos para assistirmos às aulas. Depois veio a igreja, que faz parecer bonito pertencer a um “rebanho” quando no fim é algo um tanto vergonhoso. Ainda temos a mídia com sua programação imbecilizante que só quer vender, vender e vender. E por fim, vem o governo com seu chicote burocrático que, na busca pela ordem, até certo ponto justificável, acaba nos amedrontando com ameaças de prisão, multas, etc.

Passividade é fatal para nós. Nosso objetivo deve ser deixar o inimigo passivo. Mao Tse-Tung

Não é de se admirar que tantas pessoas estejam com a vida empacada diante de tantas mensagens diretas e indiretas para ficarem estagnadas e “não incomodarem”.

Que bom que nunca é tarde para se acordar.