Já falei disso aqui, aquiaqui, aqui, aqui, aqui, aqui e principalmente AQUI.

Mas não me conformo como ainda acontece e fico me perguntando: o que dizer dessa gente ingênua que se dá o trabalho de ligar notebook, acessar Facebook e redigir uma mensagem categórica onde diz que não liga nem um pouco para o que pensam e para o que dizem?

Ora, esse trabalho todo só revela uma coisa: Que não só liga MUITO para o que pensam, como está se remoendo por dentro, e fez o que não devia, e tá com (ao menos uma pontinha de) remorso.

(Ou… fez o que queria fazer, mas não lida bem com a ideia de que os outros possam reprovar o que foi feito. Porque ainda não entendeu que se fizer algo, vão falar, e se não fizer, vão falar porque não se fez)

A pessoa fica se enganando, e bradando seu engano aos quatro ventos. Só que no fim está tentando convencer mais a si mesma do que a qualquer outro.

Quem não liga para o que os outros pensam, realmente não liga.

Não olha, não fala, não comenta, NÃO SE DEFENDE.

Segue fazendo as próprias coisas e cuidando da própria vida e dando ainda mais motivo pra falarem.

O que, convenhamos, é para poucos.

***

Comentado originalmente aqui.