Apenas um cruzamento

Apenas um cruzamento

O pior que me aconteceu
foi ter te conhecido.
Porque algumas felicidades
Era melhor não ter vivido

Se é bom e não posso ter
Não quero nem saber
Mas você. Inacreditavelmente. Existe!
E agora? O que vou fazer?

E é assim, tão perfeitinha
E se encaixa tão bem em mim
E brinca feliz nos meus ouvidos
Com sua voz suave de cetim

Meio adolescente, cheia de jeitos
Deliciosamente petulantes
Falando sem parar, para eu
transformar, vírgulas em beijos

Eu não sabia para onde ir
Então você abriu seu coração
Para protagonizar meus sonhos
Entrei com fúria e paixão

Que não é pouca, e lutou até o fim
por você, entre cartas e rosas
encontros e despedidas, idas e vindas
Para chorar agora, rouca e furiosa

Já não tenho mais o que fazer
Por você me fiz melhor, evoluí
Me preparei, mas percebi, e desisti!
Porque nunca dependeu de mim!

Se hoje te vejo, só sinto dor
Porque daqui a pouco a tarde cai
e você se vai, mesmo sem querer
eu te machuco, sem você merecer

Talvez não seja mesmo para ser
Talvez seja melhor assim,
Para sempre sem saber
Para sempre você! …sem mim.

Como vou continuar, sem seu olhar?
Entendi da forma mais linda, e dolorida
Que você jamais será substituída
Que é preciso acabar, para se eternizar

A pior coisa que me aconteceu
foi ter te conhecido. Porque o melhor
que poderia ter me acontecido
Era ver que tanta felicidade era possível